Inflamação no ouvido é muito comum nas férias, saiba como cuidar

Também é importante saber como secar os ouvidos ao sair do mar ou piscina

 

 

As férias são um dos momentos mais aguardados pelos jovens. Só que com tanto divertimento, muitas vezes, os pais se esquecem dos cuidados com a saúde das crianças. O tempo livre para brincadeiras, passeios, viagens deixam os pequenos vulneráveis a várias doenças. A Otite, por exemplo, é uma inflamação no ouvido que é constante neste período do ano uma vez que há exageros nos banhos de mar ou piscina sem manter as precauções necessárias. Permanecer por um grande espaço de tempo em locais fechados e com muito barulho também são atitudes prejudiciais ao ouvido.

 

A Otite Média Aguda é uma doença originada de vírus e bactéria que ocorre com maior frequência em crianças entre 6 e 36 meses de idade. Segundo o otorrinolaringologista Flávio Santos, é fundamental não deixar os ouvidos úmidos. Usar protetor auricular e fazer higienização nasal são ações que amenizam os efeitos do calor. “Se os ouvidos continuarem molhados após um banho de mar ou piscina a pessoa poderá ter inflamação, como a Otite Externa, que é um problema mais comum. Lavar os ouvidos com água doce é a melhor opção”, destaca.

 

Também é importante saber como secar os ouvidos ao sair do mar ou piscina. “Recomendamos que a pessoa balance a cabeça para que o excesso de água saia. E depois é só enxugar com uma toalha limpa”, afirma.

 

As crianças e bebês com Otite sentirão dor nos ouvidos, intensa agitação, irritabilidade, falta de apetite, febre e muita dificuldade para ouvir os sons. “Caso a Otite não seja tratada o paciente tem a possibilidade de perder a audição . É recomendável não usar remédios caseiros, pois só um especialista é capaz de dar um diagnóstico. O médico analisa o interior do ouvido, além de realizar exames nas vias respiratórias e garanta”, afirma o otorrino.

 

A preocupação não fica apenas na água do mar e piscina. A exposição a sons altos também são nocivos e trazem graves riscos. Volumes de, aproximadamente, 80 decibéis podem causar lesões na membrana do tímpano. “Alertamos para o uso excessivo de fone de ouvido. Vale a pena destacar que os ouvidos também sofrem com os sons altos em festas e trios elétricos”, enfatiza. 

 

 

Fonte: 180graus.com

Fale Conosco

Mande suas dúvidas e sugestões para nós!

Enviar