Confira 8 consequências da perda de audição em idosos

perda de audição no idoso, segundo a Sociedade Brasileira de Otologia, implica em:

1. Redução na percepção da fala em várias situações e ambientes acústicos. Piora em ambientes ruidosos.

2. Na maioria das vezes, está associada a um zumbido, o que piora o problema.

3. O idoso ouve o que a pessoa está falando, mas não entende.

4. Alterações psicológicas, como depressão, embaraço, frustração, raiva e medo, causados por incapacidade pessoal de comunicar-se com os outros.

5. Isolamento social, e a interação com a família, os amigos e a comunidade fica seriamente afetada.

6. Incapacidade auditiva em igreja, teatro, cinema, rádio e TV.

7. Intolerância (irritação) a sons de moderada a alta intensidade (principalmente os agudos). Se a pessoa fala baixo, o idoso não ouve; se ela grita, o incomoda.

8. Problemas de alerta e defesa, como a incapacidade para ouvir pessoas e veículos aproximando-se, panelas fervendo, alarmes, telefone, campainha da porta, anúncios de emergências em rádio e TV.

 

Fonte: Revista Viva Saúde

Fale Conosco

Mande suas dúvidas e sugestões para nós!

Enviar