Copa No Brasil X Ruídos: Hear The World Foundation Estima Brasil Como Campeão Do Mundial De Futebol E Faz Alerta Sobre Riscos Da Perda Auditiva


 

A Hear the World Foundation, uma iniciativa global do Grupo Sonova, líder mundial em tecnologia e soluções auditivas, sensibiliza a população sobre a importância dos cuidados com a audição e, simultaneamente, estima o resultado do campeonato mundial de futebol no Brasil por meio de uma análise do barulho das torcidas.

 

Durante os jogos das quartas de final, que aconteceram nos dias 4 e 5 de julho, a Hear the World Foundation usou um decibelímetro digital para medir o nível de ruído das torcidas na Vila Madalena, bairro de São Paulo conhecido pelos bares e pela agitada vida cultural, e eleito como destino preferido dos fãs para assistir aos jogos do mundial. A teoria? A seleção com os torcedores mais barulhentos seria também a vencedora do campeonato.

 

Resultados

De acordo com as torcidas das quartas de final, o Brasil será campeão do mundo. Com a marca de 115 decibéis (dB), os torcedores brasileiros foram os mais barulhentos, tornando a seleção nacional a vencedora do campeonato mundial de futebol. As torcidas dos outros países também tiveram um desempenho expressivo no quesito barulho:

 

• Brasil: 116 dB

• Franç 99 dB

• Colômbi 97 dB

• Argentina e Holand 95 dB

• Costa Ric 93 dB

• Bélgic 91 dB

• Alemanh 90 dB

 

“Enquanto não recomendamos que apostas sejam feitas baseadas nessas previsões, é divertido fazer suposições de acordo com o nível de barulho da torcida”, explica Sarah Kreienbuehl, responsável pela Hear the World Foundation na Sonova. “Sem dúvida, a torcida motiva os jogadores. E os fãs devem aproveitar a animação e a energia positiva que os jogos despertam. Mas nós queremos que eles também estejam atentos aos danos que poderão ser causados à audição enquanto curtem os jogos.”

 

Como proteger a audição

Seja numa comemoração em público, seja em casa, é importante estar atento à saúde auditiva e ter alguns cuidados para se proteger, uma vez que a exposição a níveis sonoros intensos pode levar à perda auditiva permanente induzida pelo ruído.

 

• Uma solução simples para os fãs do esporte é o uso dos protetores auditivos durante o jogo.

o São necessários apenas 90 dB para colocar a audição em perigo e, quando o nível sonoro alcança 100 dB ou mais, uma lesão nas células responsáveis pela audição pode ocorrer em apenas 15 minutos. Uma vez que a lesão aconteça, ela é irreversível, então o ideal é prevenir.

o Apenas como referência, 90 dB equivalem ao ruído de um cortador de grama, 127 dB correspondem ao barulho produzido por uma vuvuzela, e outros instrumentos utilizados pela torcida apontam para até 99,1 dB. Fonte: Hear the World Fan Instrument Study, 2010.

• Durante os intervalos, afaste-se das fontes geradoras de som e preserve sua audição.

o A exposição prolongada a níveis sonoros intensos pode alterar a habilidade da pessoa para ouvir.

• Não está no jogo? Dê um descanso para seus ouvidos.

o Desligue todas as fontes geradoras de som, incluindo rádio e TV.

 

Metodologia utilizada para medida dos resultados

O fonoaudiólogo do Grupo Sonova Thiago Diniz esteve na Vila Madalena com um decibelímetro para medir o barulho produzido pelos torcedores durante as quartas de final. O nível de ruído produzido foi registrado todas as vezes que excedeu a marca de 90 dB. Também foram observados para que torcida foi destinado e o tempo que durou. Ao final de cada partida, calculou-se a média dos picos de ruído de cada torcida. A previsão do vencedor foi baseada na comparação desses níveis de decibéis.

 

Jogo 1 – 99 dB França X 90 dB Alemanha

Jogo 2 – 116 dB Brasil X 97 dB Colômbia

Jogo 3 – 95 dB Argentina X 91 dB Bélgica

Jogo 4 – 95 dB Holanda X 93 dB Costa Rica

 

Sobre a Hear the World Foundation

 

Apoiando a Hear the World Foundation, o Grupo Sonova defende oportunidades iguais e melhor qualidade de vida para pessoas com perda auditiva. Como líder na fabricação de sistemas auditivos, a empresa tem a responsabilidade social de contribuir para um mundo onde todos possam ouvir bem. Por exemplo, a Hear the World Foundation apoia pessoas carentes com perda auditiva em todo o mundo, envolvendo-se na prevenção e na conscientização. O foco principal são projetos para crianças com perda auditiva, para permitir que elas se desenvolvam num ritmo apropriado à sua idade. Mais de 70 embaixadores famosos, incluindo celebridades como Plácido Domingo, Annie Lennox, Sting e Joss Stone, apoiam a Hear the World. Para mais informações acesse www.hear-the-world.com.br. Junte-se a nós emwww.facebook.com/CanYouHearTheWorld.
 

Fonte: Hear The World

 

Fale Conosco

Mande suas dúvidas e sugestões para nós!

Enviar